Empregada e patroa: entenda como manter uma relação saudável

A relação entre empregada e patroa envolve muitos aspectos, desde os profissionais até os pessoais, já que se trata de uma relação muito próxima. O ideal é manter uma convivência saudável para ambas as partes. Pode até parecer complicado, mas basta se policiar, ser gentil, justa e procurar entender e exercer os direitos da empregada que fica muito mais fácil manter uma relação harmoniosa e proveitosa.

Acompanhe as nossas dicas para uma relação de sucesso entre empregada e patroa!

Seja gentil

O primeiro passo para construir uma boa relação é ser pelo menos educada. Tratar bem a pessoa que cuidará da sua casa, da rotina e da sua família é fundamental para que essa relação dê certo. Apesar de ser uma funcionária, a empregada certamente terá um papel emocional no lar, já que ela é peça fundamental para o seu funcionamento.

Empregada e patroa podem sim ser amigas, sabia? Isso gera intimidade e um clima muito melhor no lar. Isso depende de cada pessoa, mas a gentileza sempre abre portas para uma relação memorável.

Lembre-se sempre dos direitos da empregada

Por mais que você tenha demandas e precise da empregada fora do horário de trabalho, é bom lembrar que ela tem direitos. Caso precise muito, combine um valor de hora extra para não causar nenhum desconforto para nenhuma das partes. Não é muito trabalhoso registrar a empregada doméstica, e a nós pode te ajudar com isto.

Procure manter-se atualizada sobre as leis trabalhistas da empregada e sempre assine a carteira. É o mais justo a se fazer, já que ela exerce uma profissão como qualquer outra.

Elogie em público, chame atenção no particular

Não é desagradável ver uma patroa desvalorizando o trabalho da sua secretária do lar? Não seja essa pessoa: pondere os momentos em que é necessário chamar a atenção e sempre tenha em mente que há modos e modos de fazer isso. Caso alguma tarefa não corresponda ao combinado, procure conversar de forma amigável e entender o ponto de desencontro para, juntas, resolvê-lo da melhor maneira possível para todos os envolvidos.

Sempre que possível, elogie as tarefas, a refeição, o capricho e a dedicação da empregada, principalmente quando alguém nota o bom trabalho que ela mantém na casa. Assim, ela se sente valorizada e motivada a manter o ritmo.

Instrua: a comunicação entre empregada e patroa é fundamental

Mesmo com a relação mais saudável do mundo, é preciso diálogo e objetividade em relação ao que deve ser feito. Se você tem preferências e faz questão de que elas sejam seguidas à risca, ensine à empregada. Aponte o que gosta, o que não gosta, tradições, produtos de sua preferência etc. Não deixe de levar em consideração que ela pode se esquecer de algumas coisas e que isso é normal.

Caso alguns esquecimentos incomodem muito, você pode fazer uma listinha e repassar junto a ela, explicando os motivos de tal preferência e esclarecendo as dúvidas que ela venha a ter. Dessa forma, vocês conseguirão ter um diálogo aberto e claro.

Dê presentes

Por que não presentear a pessoa que cuida da sua casa e está sempre por perto? Quando viajar, lembre-se dela e escolha um presente que significaria muito e que seja a cara dela. Um agrado ou outro em dias aleatórios também é uma maneira de agradecer pelo trabalho que ela faz, seja com um bombom, uma peça de roupa que você não usa mais ou algo simples de que ela precise.

Presenteá-la nos aniversários também é uma forma de demonstrar carinho e ainda é possível fazer um bolo e cantar um “parabéns” surpresa para ela. Com certeza, mesmo que fique tímida, significará muito para ela. Afinal, será ótimo saber que a família para a qual trabalha tem um apreço tão grande.

Gostou das nossas dicas para uma relação saudável entre empregada e patroa? Lembre-se de que o bom senso e bom humor são fundamentais para qualquer relação, inclusive essa.

Aproveite e aprenda mais sobre quais são as vantagens de registrar a empregada doméstica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *