Como organizar um cardápio semanal para definir a lista de compras

“O que temos para o jantar hoje?” Chegar em casa cansada depois de um longo dia de trabalho e ainda ter de conferir a geladeira, ver o que há disponível para cozinhar e decidir o cardápio em cima da hora é meio desanimador, não é verdade?

Mas não precisa ser. A organização de um cardápio semanal é uma prática aparentemente simples, mas que traz muitas vantagens. Você, que é uma profissional ocupada durante a semana, vai gostar de saber que o tempo gasto com o cardápio semanal e com a lista de compras significa menos trabalho e mais tempo livre para o seu lazer. Então, leia o nosso post e descubra como facilitar sua vida, otimizando o tempo gasto na cozinha!

Quais as vantagens de um cardápio semanal

A primeira vantagem é que você poderá adotar uma alimentação mais equilibrada e saudável para a família. Preparando refeições diversificadas durante a semana, você incentivará o consumo de alimentos que podem não estar entrando na dieta da família por falta de tempo ou de organização.

Outra vantagem é que você também vai economizar com as compras, ao escolher frutas e legumes da estação, que sempre têm melhor preço, além de evitar desperdícios. E mais ainda: reduzindo as idas ao supermercado, você reduz também as compras por impulso.

E a economia de tempo? É outra vantagem considerável para quem tem a vida corrida durante a semana. Com o cardápio semanal já definido, você não perde tempo decidindo cada refeição diária e nem dando instruções à sua empregada, se for ela a responsável pela cozinha. E não vai precisar correr para o supermercado depois de um dia cansativo de trabalho, enfrentar as filas do caixa no horário de pico e chegar em casa exausta e esfomeada ainda tendo que encarar a cozinha.

Bons motivos não faltam, não é? Então, vamos começar?

Quais são os primeiros passos

  • Faça uma lista dos pratos preferidos da família. Baseando-se nela, você poderá alternar os itens do cardápio para agradar a todos.
  • Faça a lista de compras e vá ao supermercado semanalmente. É mais simples e rápido do que montar um cardápio mensal, além de exigir menor espaço para estocar alimentos.
  • Analise os folhetos de propaganda ou os sites dos supermercados para encontrar as ofertas da semana.
  • Abra a geladeira e os armários e veja o que sobrou da última compra que ainda possa ser aproveitado na semana.
  • Faça um esboço do cardápio semanal: sete almoços completos, com entrada, prato principal e acompanhamentos. Planeje os jantares ou lanches da noite de modo a aproveitar o que sobrar do almoço. Quer um exemplo? Os legumes do almoço dão uma bela sopa ou caldo no jantar, com torradinhas feitas com os pães que já não estão frescos.
  • Seja flexível ao fazer as compras. O peito de frango pode estar com preço bom, mas lembre-se que você terá de descartar a pele e os ossos. Verifique se não é mais vantajoso pagar pelo filé de frango, que já vem sem pele e sem ossos. Esteja pronta para ajustar a lista de compras e o cardápio, se encontrar uma boa oferta.
  • Organize o cardápio conforme seu tempo disponível: a carne assada fica para domingo, quando você tem mais tempo na cozinha, enquanto o espaguete, de preparo mais rápido, entra no cardápio do dia mais apertado da semana.
  • Deixe o cardápio semanal sempre visível na cozinha. Uma boa ideia é imprimir em uma folha A4 e fixar com ímãs na porta da geladeira. Você encontrará vários modelos de cardápio na internet, faça uma pesquisa no Google, ou então use uma planilha simples do Excel!

Qual a importância de ter cardápios diferentes

Ao elaborar um cardápio diferente por semana, depois de algum tempo você terá vários deles já testados e colocados em prática. Assim, você poderá variar as refeições da família, adotando um cardápio diferente a cada semana, além de introduzir legumes e frutas da estação. Agosto, setembro e outubro são épocas de morangos, por exemplo. Aproveite!

O ideal é ter cardápios diferentes de acordo com as estações. No verão, saladas e carnes leves. No cardápio de inverno, entram com mais frequência os caldos quentes e as sopas mais elaboradas. É bom montar cerca de seis cardápios diferentes para temperaturas mais quentes e outros tantos para o inverno. Assim, você garante variedade e agrada a todos os paladares.

Outro detalhe importante: o cardápio deverá ser o mesmo para toda a família, incluindo as crianças, claro. Se você não for firme, eles vão querer lasanha ou batata frita diariamente. Frutas, legumes e folhas verdes devem estar presentes no prato de todos. Além de ser saudável, você economiza tempo e dinheiro preparando um único cardápio. Evite preparar um prato diferente para cada membro da família!

O que vai entrar no seu cardápio semanal

Na alimentação diária da maioria dos brasileiros, o arroz e o feijão formam a dupla básica da mesa. Outros carboidratos podem ser incluídos, como macarrão, batata, mandioca, inhame etc. O prato principal, à base de proteína, traz o frango, a carne vermelha, o peixe ou ovos. Os legumes cozidos ou no vapor e as saladas variadas complementam nossa refeição típica.

Dê preferência a alimentos frescos, grãos integrais e carnes magras, que podem ser cozidas, assadas ou grelhadas. Evite as gorduras, frituras e açúcar ou sal em excesso, bem como os enlatados e embutidos.

Como preparar um cardápio saudável

Certamente, você vai organizar o seu cardápio e sua lista de compras com base nas preferências da família. O que apresentamos abaixo é apenas um exemplo, que você pode adaptar e variar ao seu gosto:

Café da manhã

  • Café com leite desnatado ou semidesnatado com uma pitada de canela;
  • Pão integral com queijo branco;
  • Frutas da estação;
  • No meio da manhã, uma fruta ou um iogurte desnatado com gergelim ou aveia.

Almoço

  • Salada de folhas verdes com tomates;
  • Arroz integral;
  • Feijão, soja ou grão de bico;
  • Legumes no vapor;
  • Almôndegas de carne moída;
  • Suco natural;
  • No meio da tarde, torradas ou biscoitos integrais com limonada.

Jantar

  • Salada de repolho roxo com pedacinhos de abacaxi;
  • Filé de frango grelhado com batatas coradas;
  • Antes de ir para a cama, um copo de leite morno com algumas gotas de mel, ótimo para relaxar e dormir bem.

Gostou de saber como a elaboração de um cardápio semanal poupa seu tempo e dinheiro, além de favorecer uma alimentação mais saudável? Queremos saber sua opinião. Deixe seu comentário no post e dê sua sugestão de cardápio saudável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *