Bichinhos de estimação: vale a pena ter?

Quem tem filhos provavelmente já ouviu muitos pedidos para comprar ou adotar um bichinho de estimação. Cães, gatos, aves, peixes e tartarugas são alguns dos animais preferidos da criançada. Apesar de darem trabalho e demandarem atenção, são ótimos companheiros e a presença deles na casa pode ser muito positiva para a educação dos pequenos. Que tal pensar na chegada de um animal com um novo olhar? Confira o nosso post!

Benefícios terapêuticos

Diversas pesquisas demonstram os benefícios de ter um destes bichinho em casa para dar um suporte emocional. O tempo dedicado a brincar e passear com o seu pet é um momento de alegria, que ajuda a dar uma pausa na correria do dia a dia e aliviar o estresse. Além disso, os animais de estimação são excelentes companhias para quem está superando uma perda pessoal, pois eles ajudam a combater a depressão e reduzem a sensação de isolamento e solidão.

Amizade duradoura

Para as crianças, o convívio com bichos de estimação ganha outros contornos. Os pets são vistos como parceiros para todas as horas e ajudam ensinar os pequenos a respeitar as diferenças e a serem mais sensíveis e carinhosas. Animais como os cachorros, por exemplo, se adaptam rapidamente à rotina e às brincadeiras, são excelentes companhias em todas as fases de crescimento e ajudam a desenvolver a autoestima e as habilidades de comunicação das crianças. Além disso, a amizade é duradoura: raças pequenas de cães e gatos podem viver mais de 15 anos!

Benefícios para a saúde

O contato diário com animais pode trazer diversos benefícios para a saúde. Para as crianças, é comprovado que a proximidade com cães ou gatos até o primeiro ano de vida do bebê é capaz de reduzir pela metade o risco de desenvolver alergias. Além disso, a sensação de amizade proporcionada pelo contato com os pets contribui para reduzir o nervosismo e manter a pressão arterial sob controle. Donos de cães e gatos tendem a se tornar mais ativos e sociáveis. Crianças e idosos, que passam mais tempo em casa, são os que mais se beneficiam dessa convivência com os bichinhos de estimação!

Responsabilidade compartilhada

Ao receber um novo bichinho de estimação na família, é importante estabelecer algumas regras para que as crianças também desenvolvam o senso de responsabilidade em relação ao bem-estar do animal. Criar um cronograma de tarefas que inclua a responsabilidade de alimentar, colocar água fresca, escovar os pelos ou mesmo passear com o pet é uma forma de dividir as atividades e os cuidados com o bichinho para dar mais responsabilidade às crianças. Ter um pet é uma ótima maneira de envolver os filhos na organização da casa!

Com tantos benefícios, não é difícil se convencer a receber um novo membro de quatro patas, penas ou escamas na família, não é mesmo? Antes de tomar a decisão, pesquise sobre as necessidades e características do bichinho de estimação que você deseja e se informe sobre os gastos com ração, veterinário e manutenção dos animais.

E então, acha que vale a pena ter bichinhos de estimação? Para receber mais informações e dicas e tornar o cotidiano da sua casa mais prático, assine a nossa newsletter!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *