14 itens indispensáveis para a bolsa de bebê ao passear

Quem tem filho pequeno sabe: estar prevenida evita muitos problemas no dia a dia. Por isso, ter uma bolsa de bebê completa é tão importante. Em passeios, ou sempre que a família estiver longe de casa, ela é responsável por oferecer tudo o que a criança precisa e evitar desconforto, mal-estar e choradeira. Se você ainda vive passando apuros com a falta de certos objetos sempre que sai com seu filho, veja nossa lista de itens indispensáveis!

1. Fraldas descartáveis

Esse item pode parecer meio óbvio, mas é também o mais importante e deve ser checado com antecedência sempre que você for sair com a criança. Observe qual a média de fraldas que seu filho utiliza em um dia e mantenha a quantidade na bolsa, para emergências. Além disso, tome cuidado para não adiar muito as trocas durante o passeio, pois o bebê pode ficar assado e irritado.

2. Fraldas de pano

Crianças muito pequenas precisam de um babador ou uma fraldinha de pano arrumada para limpar o rostinho quando vão se alimentar. Deixe pelo menos um dos dois itens, sempre limpos, na bolsa da criança para não passar por apuros ao dar de comer ao seu bebê.

3. Alimentos

Mesmo que o passeio seja rápido, você nunca sabe quando o bebê vai chorar e reclamar de fome, não é mesmo? Por isso, é válido ter uma opção à mão, seja na mamadeira ou mesmo uma fruta ou papinha, se a criança já puder comer alimentos sólidos. Uma mamadeira pequena com água filtrada também deve estar disponível.

4. Roupas extras

Pode confessar: você já passou pela situação de estar com o bebê no meio da rua e ele acabar se sujando ou babando em toda a roupa. Isso acontece com muita frequência, e, às vezes, é melhor trocá-lo para garantir que fique fresquinho e limpinho. Por isso, vale a pena carregar uma muda de roupa na bolsa do bebê, mesmo que seja simples.

5. Chupeta

Se o seu bebê tem o hábito de chupar chupeta, ele provavelmente vai demandá-la nos momentos mais imprevisíveis. Algumas crianças até têm uma preferida e ficam chorosas e dengosas quando estão longe delas. Ou seja: sempre que for sair a passeio, leve a chupeta na bolsa, mesmo que a criança não queira no momento. Se o bebê for muito apegado, vale até levar uma extra.

6. Trocador portátil

Infelizmente, não são todos os lugares que oferecem uma bancada limpinha em um ambiente adequado para fazer a troca do bebê. Usar o trocador portátil garante a higiene e conforto do seu filho em qualquer situação.

7. Lenços umedecidos

Nem sempre é possível dar banho no bebê quando for trocar a fralda, especialmente quando estamos fora de casa. Nesse caso, os lencinhos são de muita ajuda, pois ajudam a deixar o bebê limpinho de uma maneira fácil e também podem ser usados para limpar as mãos da criança e dos pais.

8. Álcool em gel

Esse item também é utilizado para fazer a limpeza das mãos a cada troca de fraldas, com o benefício de ser muito prático. Ele também pode ser usado para limpar a mão de parentes e amigos que queiram brincar com seu bebê e não tenham um lugar para fazer a higiene das mãos.

9. Saquinho para lixo

O que fazer com a fralda suja depois de limpar o bebê? Essa situação bastante desconfortável pode se tornar um transtorno ainda maior sem um lixo por perto. Por isso, leve sempre uma sacolinha na bolsa, para o caso de ter que ficar com a fralda para procurar uma lixeira próxima. Você também pode usar a sacolinha para jogar restos de comida durante o passeio.

10. Cobertor

Essa dica é muito importante para as mamães que vivem em cidades mais frias ou vão passear com as crianças durante a noite. Um cobertorzinho ou mantinha mais fina ajudam a deixar seu bebê quentinho e livre de resfriados. À medida que as crianças ficarem maiores, você pode substituir o cobertor por uma blusa de frio.

11. Documentos

Tire uma cópia dos principais documentos de identificação da criança (certidão de nascimento e carteira de vacinação, por exemplo) e deixe na bolsa, por precaução. Se você tiver plano de saúde, nunca deixe que seu filho saia de casa sem a carteirinha — pode ser na bolsa do bebê ou na sua. Lembre-se: com saúde não se brinca.

12. Analgésico e antitérmico

Especialmente em passeios mais longos, como viagens, pode ser interessante levar remédios básicos, indicados pelo pediatra, caso o bebê apresente cólicas, febre ou gases. Isso garante que a criança fique mais segura e confortável.

13. Pomada de assaduras

Muitas vezes, quando você está fora de casa, é um pouco difícil trocar os bebês na frequência correta e isso pode irritar a pele da criança, causando vermelhidão e ardência. Por isso, a pomada para assaduras é indispensável na vida das mamães, mesmo em casa. Escolha uma marca de qualidade e procure ter uma bisnaga em casa e outra na bolsa do bebê, só para garantir.

14. Brinquedo

Leve sempre uma opção de diversão para distrair a criança durante o choro ou quando ela começar a apresentar sinais de cansaço. Escolha um dos objetos que seu filho gosta, pois eles são mais eficientes. Além disso, prefira brinquedos de plástico laváveis e pequenos, que são mais fáceis de limpar caso o bebê deixe cair.

O que não levar na bolsa de bebê

O principal pecado das mães ao levarem os filhos para passear é colocar muitos itens na bolsa do bebê, dificultando encontrar os objetos que realmente importam. Além disso, a bolsa tende a ficar muito pesada, deixando a mãe ainda mais cansada. Certifique-se de levar tudo o que a criança precisa, porém, em uma quantidade sensata e de forma organizada.

Além disso, você pode contar com a ajuda de uma babá quando for passear com o seu filho, assim terá mais disposição para aproveitar melhor os momentos com ele!

E você, conhece algum outro item indispensável para a bolsa de bebê? Compartilhe sua experiência com nossas leitoras e deixe um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *